Arquivo da tag: TCE

TCE libera licitação para projeto executivo de túnel que ligará Santos ao Guarujá

Envelopes com as propostas devem ser abertos nos próximos 15 dias

Prefeitura de Santos

Ligação entre Santos e Guarujá

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) aprovou a licitação para contratação de projeto executivo para a construção do túnel que ligará as cidades de Santos e Guarujá. De acordo com a empresa Desenvolvimento Rodoviário S.A. (Dersa), os envelopes das propostas deverão ser abertos nos próximos 15 dias. A suspensão da licitação foi pedida por um escritório de advocacia um dia antes da abertura das propostas, que aconteceria em 17 de fevereiro.

O túnel será construído com perfis de concreto armado moldados em uma doca seca, que serão imersos e afundados, evitando-se a escavação do canal.  “Basta fazer uma dragagem na areia do fundo para assentar os perfis, que depois são recobertos pela areia”, disse o diretor presidente do Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S. A.), Laurence Casagrande Lourenço. A estrutura terá profundidade mínima de 21 m, respeitando as exigências do Porto para a navegação.

Segundo Lourenço, a tecnologia foi escolhida em função dos custos mais baixos de implantação. “O custo do (túnel) imerso é menor que o do escavado. Depois, a escavação, para garantir a segurança dos trabalhadores e a viabilidade técnica do túnel, deveria ser feita em grande profundidade, que encarece cada vez mais as obras”, disse.

Os acessos ao túnel imerso serão executados por meio do sistema cut and cover, que consiste na cravação das estacas laterais que servirão como estruturas das paredes da via. A estrutura de cobertura, então, é apoiada nas estacas e, posteriormente, se processa a escavação, a estruturação do piso e o revestimento das estacas (paredes).

Ao todo, o túnel terá 34,92 m de largura, abrigando três vias de automóveis em cada sentido e uma via central para pedestres e ciclistas. De acordo com o Dersa, foram simulados 13 projetos diferentes de travessia, tanto pontes quanto túneis, localizados em sete posições diferentes. “A travessia pela região intermediária se mostrou melhor que as outras, pois fica mais próximo das pessoas que moram no bairro de Vicente de Carvalho e trabalham no centro de Santos”, disse Lourenço.

O governo ressalta que o sistema de travessia via balsa será mantida, mas com menor tráfego. Para a travessia pelo túnel, o pedágio terá a mesma tarifa da balsa: R$ 8,80 para carros e camionetes e R$ 4,40 para motos. Ciclistas e pedestres não pagarão pedágio.

A expectativa do governo é de que a obra seja contratada no início de 2013 e concluída no primeiro semestre de 2016. O custo da obra está previsto em R$ 1,3 bilhão.

Fonte: PINIweb.com.br

Tribunal de Contas da União divulga relatório sobre as obras da Copa do Mundo

Estádio com a construção mais avançada é o de Fortaleza, com 50,90% concluída

Obras do estádio de Fortaleza são as mais avançadas

Obras do estádio de Fortaleza são as mais avançadas

O Tribunal de Contas da União (TCU) disponibilizou, na última semana, o relatório sobre a Copa do Mundo de 2014, focando principalmente nas obras relacionadas ao evento. De acordo com o relatório, o estádio que está com as obras mais avançadas é o de Fortaleza, com 50,90% da execução concluída. O mais atrasado, segundo o tribunal é o de Natal, que está com apenas 11% das obras finalizadas.

No texto divulgado pelo TCU, é possível visualizar a situação atual de cada estádio, mostrando todas as questões financeiras relacionadas a cada um. O documento traz ainda o resultado das fiscalizações feitas pelos Tribunais de Contas dos Estados (TCEs) nas arenas esportivas.

As obras em realização e previstas para os aeroportos do país também constam no relatório. De acordo com o documento, a cidade que mais receberá investimentos na infraestrutura aeroportuária é São Paulo, com R$ 1,3 bilhão. Campinas (R$ 876,9 milhões), Brasília (R$ 864,7 milhões) e Rio de Janeiro (R$ 813,3 milhões) seguem logo atrás. Recife, com o aporte de R$ 18,5 milhões, receberá o menor investimento. O relatório destaca também a concessão dos aeroportos de Guarulhos, Campinas e Brasília à iniciativa privada, considerando o ato como algo para promover a prestação de serviços adequados ao público.

Com relação aos portos, o relatório aponta para o fato de que todos eles devem ficar prontos somente em 2013, sendo que o de Manaus deverá ser finalizado somente no mês de dezembro, um mês depois do porto do Rio de Janeiro.

“O TCU tem buscado promover a sinergia entre todos os envolvidos na fiscalização, e tem desempenhado o papel que lhe cabe no modelo de fiscalização implantado, como bem demonstra esta publicação que ora apresentamos, por meio da qual queremos revelar a toda a sociedade o andamento das obras da Copa do Mundo”, disse o ministro do tribunal Valmir Campelo.

Fonte: PINIweb.com.br