Arquivo da tag: SENAI

Indústria de alimentos é atrativo para construção civil em 2013

Previsões de crescimento do setor incentivam investimentos 
em obras para suprir demanda recorrente

As estimativas de crescimento da indústria alimentícia em 2013 prometem movimentar o setor da construção civil no Brasil. Segundo dados do SENAI, a estimativa é de que sejam gerados 174,6 mil empregos no setor até 2015, e com isso, maior será a probabilidade de investimentos em novas unidades no ramo.

Segundo o diretor da Emadel Engenharia e Obras, Luiz Alberto Langer, o aumento da procura por produtos alimentícios tem gerado interesse constante dos empresários na ampliação dos negócios, fato importante para a construção civil. “O cenário é favorável. Com o crescimento contínuo da população mundial e da ampliação do agronegócio no Brasil, há, consequentemente, uma demanda maior por construções que possam suprir essa necessidade”, avalia o diretor.

Fonte: pautas.incorporativa.com.br

Senai inaugura Escola da Construção Civil em Criciúma

O Senai/SC inaugura nesta quinta-feira, 30, em Criciúma, a Escola da Construção Civil. O espaço vai ocupar uma área de 220 metros quadrados, readequada, e atenderá em torno de 300 a 400 alunos por ano, em cursos de qualificação de 160 a 300 horas-aula.

Os programas atenderão as áreas de eletricidade, hidráulica, gestão (mestre de obras), alvenaria (pedreiro e servente), assentamento cerâmico, carpintaria e pintura.

Esta é a quarta escola fixa da construção civil do Senai/SC – as demais são em Balneário Camboriú, Blumenau e Joinville. Outras três (em Chapecó, Itajaí e Palhoça) estão projetadas, além de quatro unidades móveis que estão operando desde o início de 2013.
O diretor do Senai em Criciúma, Sílvio Bittencourt da Silva, salienta a importância do setor na região, lembrando que diversas construtoras de Criciúma estão realizando obras em outras cidades e regiões, incluindo a Grande Florianópolis.
O presidente do Sindicato da Indústria da Construção (Sinduscon) de Criciúma e região, Jair Paulo Savi, destaca que a entidade apoiará com a identificação e indicação de alunos para a escola, que, segundo ele, beneficiará as empresas e os trabalhadores.
“Com funcionários mais especializados, teremos um aumento da produtividade e redução dos desperdícios. As empresas só têm a ganhar e os funcionários também”, afirma.[8]
Savi salienta que, na região de abrangência do sindicato que preside (de Lauro Müller a Passo de Torres), existem mais de 300 empresas formalizadas, que geram cinco mil empregos. Mas ele estima que outras cinco mil pessoas atuam informalmente no setor.
Fonte: segs.com.br

Senai inaugura escola da construção civil e realiza workshop internacional em Criciúma

Escola da Construção Civil vai ocupar uma área de 220 metros quadrados e atenderá cerca de 300 a 400 alunos por ano.

O Senai/SC, entidade do Sistema Fiesc, inaugura a Escola da Construção Civil e realiza um workshop internacional sobre materiais, na cidade de Criciúma, nesta quinta-feira (30). Os eventos contarão com a presença do presidente do Sistema Fiesc, Glauco José Côrte, e lideranças empresariais da região, além de especialistas do Brasil, Alemanha e México, que proferem palestra no workshop. A inauguração da escola será às 11 horas, na sede do Senai em Criciúma (rua General Lauro Sodré, 300 – bairro Comerciários). Já o workshop se inicia às 13h30min horas, no Siso´s Hall (rodovia. Otávio Dassoler, 5635 – bairro Imigrantes).

A Escola da Construção Civil vai ocupar uma área de 220 metros quadrados, readequada, e atenderá em torno de 300 a 400 alunos por ano, em cursos de qualificação, de 160 a 300 horas-aula. Os programas atenderão as áreas de eletricidade, hidráulica, gestão (mestre de obras), alvenaria (pedreiro e servente), assentamento cerâmico, carpintaria e pintura.

Esta é a quarta escola fixa da construção civil do Senai/SC – as demais são em Balneário Camboriú, Blumenau e Joinville. Outras três (em Chapecó, Itajaí e Palhoça) estão projetadas, além de quatro unidades móveis que estão operando desde o início de 2013. O diretor do Senai em Criciúma, Sílvio Bittencourt da Silva, salienta a importância do setor na região, lembrando que diversas construtoras de Criciúma estão realizando obras em outras cidades e regiões, incluindo a Grande Florianópolis.

O presidente do Sindicato da Indústria da Construção (Sinduscon) de Criciúma e região, Jair Paulo Savi, destaca que sua entidade apoiará com a identificação e indicação de alunos para a escola, que, segundo ele, beneficiará as empresas e os trabalhadores. “Com funcionários mais especializados, teremos um aumento da produtividade e redução dos desperdícios. As empresas só têm a ganhar e os funcionários também”, afirma. Savi salienta que, na região de abrangência do sindicato que preside (de Lauro Müller a Passo de Torres), existem mais de 300 empresas formalizadas, que geram cinco mil empregos. Mas ele estima que outras cinco mil pessoas atuam informalmente no setor.

Com inscrições gratuitas, o Workshop Internacional de Materiais apresentará as tendências internacionais a partir das pesquisas que estão sendo realizadas na área de materiais para aplicações industriais. Haverá palestras de especialista do Instituto Turíngio de Pesquisa em Têxtil e Plásticos (Titk), da Alemanha, do Centro de Investigação em Química Aplicada (CIQA), do México, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc) e do Senai/SC.

Fonte: adjorisc.com.br