Serviço Social da Indústria da Construção abre vagas para cursos

São 2.500 vagas para aulas profissionalizantes em diversas funções.
Após o curso, alunos são cadastrados no banco de empregos do serviço.

Nesta segunda-feira (17) e na terça (18) o Serviço Social da Indústria da Construção (Seconci-Rio) vai oferecer 2.500 vagas para cursos profissionalizantes em diversas funções. As inscrições poderão ser feitas no Centro Profissional da Construção Civil, na Estrada dos Bandeirantes 4.457, Curicica, na Zona Oeste, que funciona das 8 às 17h. Durante este dois dias, também haverá no local um posto de troca de óleo de cozinha usado por materiais de limpeza, como mostrou o Bom Dia Rio.

As vagas disponíveis são para os cursos de carpinteiro, armador, pintor, pedreiro de revestimento em argamassa e cerâmico, pedreiro de revestimento em argamassa, aplicador de revestimento cerâmico, pedreiro de alvenaria estrutural, pedreiro de alvenaria, almoxarife,encanador instalador predial e eletricista de obras.

Há vagas, também, para o curso de iniciação profissional para servente de obra. De acordo com a nova convenção coletiva de trabalho, o piso salarial do profissional da construção civil no Rio é de R$ 1.293,60, e o de servente, R$ 952,60, 21,6% maior que o salário mínimo do Rio de Janeiro para o setor, que é de R$ 783,31, e 53% maior que o salário mínimo nacional, de R$ 622.

Os cursos terão carga horária entre 160 e 280 horas. Os candidatos, homens e mulheres, devem ter entre 18 e 40 anos e escolaridade mínima de 5º ano. Mas alguns cursos exigem escolaridade maior, como o de eletricista, por exemplo. Ao concluírem o curso, todos os alunos são cadastrados no banco de empregos do Seconci, que é acessado por mais de mil empresas do setor da construção no Rio. O cadastro no banco de oportunidades do Seconci também poderá ser feito por candidatos a vagas de empregos na construção civil.

Fonte: g1.globo.com