Operário da construção civil morre em acidente em obra

Um trabalhador da construção civil morreu depois de um acidente na tarde desta quinta-feira (10) na avenida Garibaldi. Silvano dos Santos, 41 anos, caiu em um fosso de elevador e ficou preso nos ferros. Socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), ele não resistiu aos graves ferimentos e morreu.

Segundo o sindicato da categoria (Sintracom), o operário era ajudante prático de carpineiro e trabalhava para a empreiteira Monfort, teceirizada da empresa MV. Ele trabalhava no canteiro de obras do condomínio Celebrate Garibaldi. Segundo o diretor de saúde do Sintracom Arielson Ferreira, Santos estava trabalhando no nível do chão – a obra está começando e ainda não tem laje – quando se desequilibrou e caiu em um fosso cavado para o elevador. “Cavaram um buraco no fundo para o elevador, fica uns ferros lá, que eram para estar isolados, mas não estavam. Foi uma queda de 1 metro e meio mais ou menos”, diz.

Representantes do Sintracom estiveram no canteiro, onde trabalhavam cerca de 100 operários. Uma solicitação será encaminhada para a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE). “Está embargada, amanhã vai continuar embargada. Aquela obra ali ainda tem locais de risco que ameaçam a vida dos trabalhadores. Nós mesmos estamos embargando a obra até ser feita a perícia do acidente, precisa ser dado um embasamento para os trabalhadores. Está no começo da obra e já aconteceu esse acidente”, diz Ferreira.

Silvano é natural de Maragogipe, mas vivia em Itinga. Não há informações sobre seu sepultamento.

O Sintracom informa que em 2011 foram 99 acidentes de trabalho com 18 mortes. Em 2012, foram 99 acidentes com 18 mortes. Ainda não há dados sobre 2013.

A empresa responsável pela obra não foi encontrada para comentar o caso.

Fonte: correio24horas.com.br