Movimento em lojas de material de construção cresce no Grande Recife

É que no fim do ano pessoas gostam de fazer pequenas reformas em casa.
Mas crescimento nas vendas deve ser menor em relação ao ano de 2011.

Fim de ano é época de boas oportunidades para quem trabalha no ramo da construção civil. É que tradicionalmente nesse período as pessoas fazem pequenas reformas em casa. O movimento em lojas de material de construção no Grande Recife já começou a aumentar.

Os clientes procuram tinta, cerâmica, argamassa… O gerente de loja Almir de Souza disse que para garantir um preço menor no fim do ano, o estoque começou a ser reforçado meses atrás. “A gente começou a reforçar o estoque em junho, prevendo esse aquecimento no mercado”, falou.

O governo federal ampliou a lista de artigos deste segmento que tiveram redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Para o economista Alexandre Jatobá, a medida tem um impacto positivo na economia. “Primeiro, [o cliente] deve pesquisar bastante. Os preços são menores, mas a concorrência também aumenta. É sempre bom pagar à vista e tentar negociar um preço menor”, recomendou.

Apesar de todos os incentivos, a Associação dos Lojistas de Material e Construção em Pernambuco trabalha com um crescimento nas vendas em relação ao ano passado. Mas esse crescimento será bem menor que o previsto inicialmente. “O crescimento, em relação ao mesmo período do ano passado, deve ser de 4,5%, o que é menor que os 8% previstos”, informou o presidente da Associação, Alberto Lucena.

Fonte: g1.globo.com