Custo da construção civil permance estável em janeiro

No mês passado, as despesas do setor para para utilização nos reajustes dos contratos da construção civil foi de R$ 1.024,70 por metro quadrado

Os preços da construção civil paulista ficaram praticamente estáveis em janeiro, ao variar -0,01%, na comparação com dezembro do ano passado. É o que revela uma pesquisa divulgada nesta sexta-feira (1) pelo SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo).

O CUB (Custo Unitário Básico) reflete a variação mensal das despesas do setor para utilização nos reajustes dos contratos da construção civil. No mês passado, ele foi de R$ 1.024,70 por metro quadrado.

Em janeiro, o custo das construtoras com materiais de construção oscilaram -0,02% em comparação a dezembro. Os custos com mão de obra e os salários dos engenheiros permaneceram estáveis (variação de 0%).

Alta dos preços
Dos 41 itens de material de construção analisados, no primeiro mês do ano, 8 registraram alta, diferentemente do IGP-M, que recuou 0,34% no mês. Entre os que tiveram maior reajuste estão Tubo de PVC rígido para água (+2,70%), Telha ondulada de fibrocimento (+1,36%), Tubo de cobre (+1,08%), Placa de gesso para forro (+0,97%), Bacia sanitária branca (+0,68%), Chapa compensado resinado (+0,54%).

Fonte: infomoney.com.br