Construção civil contrata 1,41% a mais em abril e deve crescer mais que o PIB

O setor da construção  civil gerou 46.447 empregos com carteira assinada em abril, segundo pesquisa do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (Sinduscon) e da Fundação Getulio Vargas (FGV).

O resultado, divulgado nesta quinta (24), mostra crescimento de 1,41% em relação a março. No fim de abril, o setor empregava 3,34 milhões de pessoas em todo país.

“O número indica que a construção segue aquecida, devendo confirmar nossa previsão de que o setor crescerá acima do PIB [Produto Interno Bruto] neste ano”, disse presidente do Sinduscon, Sergio Watanabe.

No primeiro quadrimestre do ano, o setor criou 169.719 postos de trabalho, 5,35% a mais que no mesmo período de 2012. Nos últimos 12 meses terminados em abril, a expansão foi 8,28%. No final de abril, a Região Sudeste concentrava mais da metade (50,5%) dos trabalhadores da construção civil no país, seguida pelas regiões Nordeste (21,4%); Sul (15%); Centro-Oeste (8,1%) e Norte (5%).

A Região Centro-Oeste apresentou, no comparativo mês a mês, o maior crescimento relativo de empregos (3,34%), seguida pelo Sudeste (1,67%), Sul (1,39%) e Nordeste (0,51%). A exceção ficou por conta da Região Norte, que praticamente manteve o nível de emprego (-0,05%).

Fonte: portogente.com.br