Arquivo mensais:julho 2012

Sesi e Sinduscon organizam comemoração para o Dia Nacional da Construção Civil

Representantes do Sesi e do Sinduscon/MS (Sindicato Intermunicipal das Indústrias da Construção de Mato Grosso do Sul) reúnem-se, na terça-feira (31/07), às 14h30, no Parque Ayrton Senna, na Capital, com parceiros para acertar a realização do Dia Nacional da construção Social, no próximo dia 18 de agosto, das 8h30 às 16h30, no mesmo local onde será a reunião.

Conforme o gerente de qualidade de vida do Sesi, Munzer Safatli, devem participar da reunião todos os envolvidos na realização da edição 2012 do Dia Nacional da Construção Social.

Ele acrescenta que, na oportunidade, os participantes vão conhecer melhor o local onde será realizado o evento com as respectivas distribuições dos espaços físicos para cada parceiro, a data e local para retirada do kit, com camiseta e tíquete refeição, data e horário para montagem e desmontagem do espaço físico, horário do início e término do evento e orientações sobre o preenchimento da planilha estatística, além de outros assuntos pertinentes ao evento. “É de fundamental importância a presença de todos para que o evento aconteça de forma exitosa”, disse.

Segundo a técnica do Sesi responsável pelo evento, Rozane Leite, para este ano, o Dia Nacional da Construção Social tem como expectativa atrair 4 mil pessoas. “Na 1ª edição, realizada em 2010, o público foi de 1.209 pessoas com 3.797 atendimentos, enquanto na 2ª edição, promovida em 2011, foram 776 pessoas e 2.069 atendimentos. A nossa intenção é prestar atendimento ao trabalhador do segmento da construção civil e seus dependentes, sendo que para este ano a novidade é que algumas empresas do segmento participarão do balcão de empregos, onde ofertarão vagas e oportunidades de trabalho”, adiantou.

Neste ano são 25 parceiros, que das 8h30 às 16h30, prestarão diversos serviços nas áreas de cidadania, educação, saúde e lazer. Entre os serviços disponíveis estão a emissão do RG (1ª via), Carteira de Trabalho (1ª e 2ª vias), Título de Eleitor (1ª e 2ª vias) e solicitação da 2ª via das certidões de Nascimento, Casamento e Óbito, entre outros serviços. Já na área de educação estarão sendo confeccionados currículos, promovidas oficinas de pintura com lápis de cor e de fantoche de E.V.A. e palito, além da inscrição para curso de informática básica, armador, carpinteiro e encanador.

Já na área de saúde haverá escovódromo e distribuição de kits de higiene bucal, profilaxia, circuito saúde com aferição da pressão arterial, glicemia, IMC e orientações diversas. As crianças também poderão se divertir nas gincanas de lazer, cama elástica, piscina de bolinhas, entre outros. De acordo com o presidente do Sinduscon/MS, Amarildo Mirando Melo, o evento tem a finalidade de mostrar a preocupação da indústria com os trabalhadores do setor. “Temos a responsabilidade em ofertar ao trabalhador serviços e benefícios que ele não teria acesso durante toda a semana de trabalho. Será um dia de conhecimento, negócios, informação e promoção a qualidade de vida”, ressaltou.

Fonte: acritica.net

Operários ficam gravemente feridos após queda de guincho em obra na Capital

A direção do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção Civil da Região Metropolitana de Fortaleza (STICCRMF) visita, na manhã desta segunda-feira (30), uma obra no bairro Jacarecanga onde dois operários ficaram feridos após a queda de um guincho.

Segundo o diretor de Saúde e Segurança do Trabalhador do SRICCRMF, Laércio Santos, o acidente aconteceu na manhã do último sábado (28). “Eles estavam trabalhando em regime de hora extra, quando um daqueles guinchos, também chamados de gaiola ou elavador de carga, quebrou e caiu”, conta.

Apesar de ter ocorrido no sábado, o diretor afirma que o Sindicato só ficou sabendo do ocorrido na noite de domingo. “Eles tentaram abafar, mas um trabalhador ligou para a gente”. Segundo ele, os operários feridos foram socorridos ao Instituto Doutor José Frota (IJF).

Cobrança

Laércio afirma que um dos trabalhadores teve fratura exposta no fêmur e o outro quebrou a bacia, mas somente um deles foi operado até agora. “Estamos cobrando da empresa a transferência dos operários para um hospital particular. Eles não podem ficar esperando no Frotão”, reivindica.

O diretor acrescenta ainda que, além do Sindicato dos Trabalhadores, representantes do Ministério Público do Trabalho (MPT) também estão a caminho da obra, para averiguar o acidente. “Só vamos liberar depois que for feito um laudo sobre a segurança”, diz.

Fonte: jangadeiroonline.com.br

Construção civil recebe impulso para crescer

Linha de crédito Construcard oferece taxas reduzidas e maior prazo para quitar o financiamento

O anúncio da redução da taxa de juros e ampliação do prazo de parcelamento da linha de financiamento para a compra de materiais de construção Construcard, da Caixa Econômica Federal, deve dar novo fôlego ao segmento da construção civil.
A medida anunciada na última segunda-feira começou a ser praticada ontem nas agências bancárias do País. Com a redução, a taxa máxima de juros caiu de 2,35% para 1,85% ao mês e a taxa mínima passou de 1,96% para 1,40% ao mês. Já o prazo de financiamento, que antes era limitado a 60 meses, passou para 96, com opção de seis meses de carência para a execução das obras.

A redução mais uma vez deve contribuir para alavancar as vendas do setor, que já previa um crescimento gradual de 5% ao ano até 2020. Com as mudanças, a expectativa é de que nos próximos meses a venda dos produtos aumente de 2 a 3%. A confirmação é do presidente da Associação dos Comerciantes de Materiais de Construção do Vale do Rio Pardo (Acomac), João Waldemar Goerck. Segundo ele, este é um sinal de que a Caixa está acreditando no setor. “São percentuais bem consideráveis e que fazem bastante diferença. Com esta taxação podemos incrementar mais ainda nossa venda e continuar na ascendente”, destaca.

Fonte: gaz.com.br